Escolas de Samba de São Paulo

O carnaval em São Paulo  como é hoje com desfiles de escolas de samba nasceu com cordões carnavalescos , que eram uma manifestação da classe operária. Um outro tipo de intervenção cultural acontecia  com  forte influência  da cultura africana., mas não era muito bem vista pelas autoridades e nem era divulgada pela mídia. Mas com o tempo eessas manifestações foram criando força em 1914, foi criado o Cordão da Barra Funda, por Dionísio Barbosa, sendo este cordão um ancestral da Camisa Verde e Branco. Destacaram-se posteriormente outros como, Geraldinos, Mocidade do Lavapés, Ruggerone e Campos Elyseos.

Em 1933  foi criada a Taça Arthur Friendenreich pela Frente Negra Brasileira, com o objetivo de valorizar as agremiações de raiz africana, até então excluídas dos certames oficiais. Dela participaram o Cordão da Barra Funda, Bloco do Boi, Cordão das Bahianas e Bloco da Mocidade  Em 1934, o mesmo concurso foi novamente realizado, sendo vencido pelo Vae –Vae , que hoje é a Escola de Samba Vai Vai.

Hoje o desfile das escolas de São Paulo, cresceu e desponta como um dos maiores do Brasil.

Segue a lista oficial das agremiações  e blocos  oficiais que desfilam no carnaval de São Paulo com a classificação 2017.

Grupo Especial

Grupo de Acesso

Grupo 1